“Eu lembro, pra falar a verdade lembro de tudo. Lembro quando tudo começou, quando eramos apenas dois desconhecidos um pro outro, e tão rápido nos tornamos um casal. Lembro do seu perfume lembro do seu sorriso tímido quando falava com a minha mãe. Ainda me lembro do nosso primeiro beijo, abraços e carinhos. É, eu lembro de tudo em você. De suas manias, defeitos, gostos exatamente tudo. Como se nadativesse mudado, senti tanto a sua falta durante muito tempo, me aflingia principalmente por não ter notícias suas, por não saber como você estava. Naquele tempo você era tudo pra mim, e quando foi embora qualquer besteirinha me fazia lembrar você. Então, todas as noites eu orava é fazia dois pedidos: Que Deus te protejesse, e que te trouxesse de volta pra mim. Sempre ouvia tua voz me mandando dormir, me chamando de “meu anjo” exatamente como antes. eu só queria você. É, mas o tempo passou…E como eu disse, eu lembro de tudo, certo? eu lembro quando você me magoou, e fez com que eu me sentisse um lixo. Dos xingamentos que com o tempo ocuparam o lugar dos apelidos bobos, da indiferença, é principalmente da falta de consideração por quem fez tudo, tanto pra te fazer feliz. Agora cá entre nós, diga que não tenho razão por ter magoas ? duvido. Acha mesmo que eu ainda estaria sofrendo por você ? claro que não. Como eu disse, o tempo passou e as coisas mudaram eu mudei. Agradeço pelos momentos felizes que você me proporcionou , e te agradeço principalmente pelos ruins. Me fez crescer, aprender como as pessoas realmente são. Me fez deixar de lado a menininha é me transformar em uma mulher. Uma mulher, que sabe que nunca precisou de ninguém pra ser feliz. Muito menos de você.”
Tati Bernardi. (via acrescentada)

“Eu disse que sonharia com você, apenas pela certeza de que sua imagem linda, clara, fascinante, jamais sairia da minha cabeça. Ao me deitar eu estava pensando em ti, eu não sei se é sonho, eu não sei mesmo o que acontece, mas eu te sinto sempre, até enquanto durmo, sinto seu toque, sua voz, seu sorriso. Sinto e vejo tudo, meu misto de sonho e realidade, por que demorou tanto pra chegar? Eu guardei um sonho bom pra ti, essa noite toda, foi perfeita, eu estive com você, da forma mais incrível, toquei seu coração, te dei o meu e recebi o seu. Ao amanhecer sua imagem continuava nítida em minha mente, meio sonolenta acabei despertando pelo vibrar do celular e era você. E tem sido você e vai continuar sendo você. Por tanto tempo eu quis e então você chegou.”
Caio Fernando Abreu.  (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

“Mas afinal, qual a lógica disso? Digo, insistir em alguém que desistiria de você na primeira oportunidade.”
Pedro Pinheiro.   (via enoitecer)

Por favor, não me peça para não chorar, porque você também sabe que a saudade dói - machuca o coração, sabe o quando é ruim ficar longe da pessoa que se ama. Então, quando me ver chorar por isso, só fale que me ama e que não vive sem mim, isso não vai fazer com que a saudade e a vontade de estar do seu lado diminua, mas vai me ajudar a me sentir um pouco mais importante pra você. Eu sei que pra você isso parece ser pouco, mas pra mim é o suficiente. Sua presença sacia todas as minhas vontades, por isso digo: você é tudo pra mim.
Mas está faltando amor.  (via sonhavas)

“Ei, vem aqui, não faz assim. Por favor, me ouve. Não finge que não liga, não dá de ombros, não faz essa cara de quem não quer prestar atenção e de quem pouco se importa. Eu sei que você se importa, ou pelo menos, tenho certeza que já se importou um dia. Por que tem que ser assim? Por que as coisas não podem simplesmente ficar numa boa?”
Clarissa Corrêa. (via enfimsaudades)

“Não seja estúpido.
Seja meu.”
Casebre (via decifrandoavida)

“Primeiro, você sente muito. Depois, você sente falta. Quando percebe, você não sente mais nada.”
Tati Bernardi. (via sou-inseguro)

“Vou te pedir que fique. Mesmo que o futuro seja de incertezas, mesmo que não haja nada duradouro prescrito pra gente. Esse é um pedido egoísta, porque na verdade eu sei que se nada der realmente certo, vou ficar sem chão. Mas por outro lado, posso te fazer feliz também. É um risco. Eu pulo, se você me der a mão.”
Caio Fernando Abreu.    (via env-68)